quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Veja o que acontece quando você dorme com os pés descobertos


Apesar de nos encontrarmos em pleno inverno e algumas regiões do Brasil estarem experimentando noites de temperaturas consideravelmente baixas, saiba que dormir com os pés para fora da coberta é um ótimo negócio para sua saúde. Isso porque a ciência sugere que a temperatura corporal e a qualidade do sono estão relativamente relacionadas.

De acordo com a pesquisadora Natalie Dautovitch, professora de psicologia na Universidade do Alabama, EUA, e porta-voz da National Sleep Foundation, apesar de soar contraproducente para algumas pessoas, dormir com os pés descobertos garante uma noite de sono melhor, já que eles ajudam a manter o corpo em uma temperatura mais baixa. Mais especificamente, você acaba dormindo mais rápido e mais profundamente.
Em entrevista à New York Magazine, Dautovitch afirmou que os pés são umas das melhores partes do corpo quando o assunto é se livrar do calor, e não a cabeça. Eles não possuem pelos, e contêm as chamadas anastomoses arteriovenosas, conhecidas estruturas que ligam as artérias às veias, antes que ambas se reúnam aos vasos capilares. Logo, quando está mais quente, essas estruturas se dilatam para permitir uma maior passagem se sangue para a pele, a fim de resfriá-la.
Segundo a especialista, a temperatura de nosso corpo já começa a cair antes mesmo de dormir (cerca de um a dois graus) e, em seguida, uma nova queda ocorre, mas quando já estamos dormindo. Logo, cobrir completamente o corpo vai aquecê-lo novamente.
Eu acho que é interessante tentar arrefecer nossos corpos”, disse Dautovich. “Colocar o dedo do pé para fora, ou todo o pé, poderia garantir um sono mais restaurador. Fazer isso enquanto tenta pegar no sono pode ser uma forma de conseguir dormir melhor”. De acordo com a Medical Daily, você ainda pode tomar um banho morno antes de deitar ou até mesmo beber algo quente antes de dormir, porque ambos poderão ajudar ainda mais o corpo a esfriar. 
Para uma noite de sono ser considerada boa, a temperatura ambiente deve estar entre 23 e 12 graus Celsius. Você pode garantir isso por meio de ar condicionado, ou deixando o ar bater diretamente em seu corpo, mas os especialistas concordam que deixar os pés mais “frescos” ajuda certamente em obter um sono mais profundo e de melhor qualidade.

Links Relacionados:
CONHEÇA MELHOR A CIRURGIA DE CATARATA
PERGUNTAS SOBRE A CIRURGIA DE MIOPIA
TRATAMENTO DA RETINA
VÍDEO SOBRE CIRURGIA DE CATARATA E MIOPIA

____________________________________________________________


Anúncios:
CENTRO ESPECIALIZADO EM CIRURGIA DE CATARATA

        Pacote oftalmológico particular incluso:
ü  Consulta, exames pré-operatórios
ü  Lente intra ocular importada
ü  Honorários médicos do cirurgião e anestesista 
    Para Informação e Agendamento acesse -  www.cirurgiadecataratasp.com



FAÇA UM TOUR VIRTUAL  E CONHEÇA MELHOR A ESTRUTURA DO CENTRO CIRÚRGICO.


sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Por que é tão difícil manter contato visual durante uma conversa

Não é só timidez: partes do seu cérebro não funcionam direito enquanto você olha nos olhos de outra pessoa


Contato visual pode te fazer parecer mais confiável ou até apaixonante, mas dá um certo trabalho para o seu cérebro.
Segundo um novo estudo desenvolvido na Universidade de Kyoto, conversar quando você está olhando nos olhos de outra pessoa é difícil porque o cérebro fica sobrecarregado pelo olhar e tem dificuldade de pensar nas palavras certas.
Para o experimento, os pesquisadores recrutaram 26 voluntários para um jogo de palavras. Eles precisavam adivinhar um verbo associado a uma palavra dada pelos cientistas – faca, por exemplo, teria que ser ligada ao verbo cortar.
Durante a brincadeira, um grupo de participantes ficava encarando e sendo encarado por um rosto gerado por computador. Outra parte dos voluntários jogou enquanto a pessoa computadorizada olhava para baixo.
O segundo grupo foi melhor – e quanto mais difícil era a associação de palavras, maior a diferença de desempenho, com o pessoal do contato visual demorando cada vez mais para encontras as palavras.
Imagine a mesma situação na vida real: o impacto do contato visual atrapalha quando precisamos nos concentrar para encontrar palavras difíceis, porque os dois esforços cognitivos sobrecarregam o cérebro.
Os pesquisadores japoneses acreditam que isso é um indício de que a comunicação verbal e a não verbal são mais ligadas no cérebro do que a gente imaginava: seria uma fonte só, que começa a nos incomodar quando muitos fatores dependem dela.
Ou seja, os resultados do estudo indicam que, se você gosta de manter aquele clima de intimidade, com olho no olho, é melhor complementá-lo com conversas menos complexas.
Links Relacionados:
CONHEÇA MELHOR A CIRURGIA DE CATARATA
PERGUNTAS SOBRE A CIRURGIA DE MIOPIA
TRATAMENTO DA RETINA
VÍDEO SOBRE CIRURGIA DE CATARATA E MIOPIA

____________________________________________________________


Anúncios:
CENTRO ESPECIALIZADO EM CIRURGIA DE CATARATA

        Pacote oftalmológico particular incluso:
ü  Consulta, exames pré-operatórios
ü  Lente intra ocular importada
ü  Honorários médicos do cirurgião e anestesista 
    Para Informação e Agendamento acesse -  www.cirurgiadecataratasp.com



FAÇA UM TOUR VIRTUAL  E CONHEÇA MELHOR A ESTRUTURA DO CENTRO CIRÚRGICO.


quinta-feira, 24 de novembro de 2016

13 hábitos que ajudam a diminuir a barriga

Sem “pochete”

São Paulo – Você faz dieta, sua a camisa na academia, mas ela continua no mesmo lugar. Até mesmo para quem não é obeso, a barriga saliente pode ser um incômodo e tanto. De acordo com a nutricionista Sonja Salles, da Greenday, para se livrar de vez da gordura abdominal, em geral, é preciso perder peso, já que oemagrecimento é global, com perda mais acentuada onde há acúmulo de banha.
Apesar disso, existem hábitos (alimentares ou não) que ajudam a reduzir esse volume desnecessário. Além de Sonja, EXAME.com consultou a também nutricionista Cintia Azeredo, do Vita Check-Up Center. As duas indicaram atitudes aliadas dessa batalha, que precisa ser levada ainda mais a sério pelas pessoas que têm tendência ao problema. Confira.

Gastar mais calorias do que consome

Não tem jeito. Para queimar gordura (do abdômen ou outra parte do corpo), é preciso ter um gasto energético maior do que o consumo. De acordo com Sonja Salles, “para perder peso é necessário uma diminuição do valor calórico ingerido diariamente”.
A fórmula não é apenas ingerir poucas calorias, mas também seguir um programa alimentar rico em nutrientes, fibras e antioxidantes. O ideal é comer cinco porções diárias de frutas e vegetais, mas também é possível substitui-las por sucos funcionais, caso a pessoa não tenha esse hábito.

Corrigir a postura

“A postura errada faz com que a barriga pareça maior”, afirma Cintia Azeredo. Por isso, corrigir o corpo é essencial. Segundo, atividades e exercícios, como pilates e ioga, são boas opções para melhorar a postura e manter a saúde. 

Comer alimentos com fibras

“O aumento do consumo de fibras na dieta contribui para redução da barriguinha, já que as pessoas tendem a ingerir menos gorduras e calorias”, afirma Cintia Azeredo. Ela e Sonja concordam que ingerir frutas, vegetais, aveia e alimentos integrais, por exemplo, ajuda a jogar fora o excesso de gordura e a melhorar o funcionamento do intestino.
Associados às fibras, vale a pena comer fontes de ômega-3, como sardinha, salmão, chia e linhaça, que também atuam no emagrecimento (e, consequentemente, na perda da barriga).

Fazer exercícios

Para perder peso e barriga, não basta ter uma dieta balanceada. O trabalho deve ser feito em conjunto com exercícios físicos aeróbicos e localizados, que queimam calorias e fortalecem a musculatura do abdômen. “É importante o acompanhamento de um educador físico para melhores resultados”, afirma Cintia.

Evitar pão branco

O pãozinho francês ou o pão de forma do misto quente estão entre os alimentos que ajudam a aumentar a barriga. Apesar de parecerem inocentes, seu principal ingrediente, a farinha refinada (branca) é a responsável, segundo Cintia Azeredo. “Ela, leva à fermentação e produção de gases, por meio de seu carboidrato, provocando aumento abdominal. Prefira os pães integrais”, diz.

Reduzir o açúcar da dieta

A nutricionista Cintia Azeredo afirma que o açúcar também é um ingrediente que causa aumento do abdômen, já que provoca desequilíbrio da flora intestinal. Esse efeito reduz a presença de bactérias benéficas e aumenta a quantidade de micro-organismos maléficos, levando à distensão do abdômen, além, claro, de engordar.

Combater o estresse

Fazer aquilo que gosta e evitar situações e uma rotina estressante está entre os hábitos sugeridos pela nutricionista Cintia para reduzir a barriga. Isso porque o estresse ajuda a aumentar o peso, devido a reações hormonais prejudiciais.
Atividades prazerosas, de lazer e bem-estar são a chave para compensar o cotidiano pesado, que nem sempre pode ser contornado.

Evitar bebidas alcoólicas

Assim como o açúcar, as bebidas alcoólicas levam à distensão abdominal pelos mesmos motivos. Ao desequilibrar a flora bacteriana intestinal, elas prejudicam a aparência. Além disso, os drinks ainda podem engordar, devido ao alto grau de calorias.

Cortar comidas ricas em sódio

Para quem deseja reduzir o volume da barriga, comer embutidos e congelados, por exemplo, é um retrocesso. De acordo com Cíntia, esses e outros alimentos industrializados costumam ter grande quantidade de sódio, além da gordura. “Isso faz com que ocorra a retenção de líquidos, levando a sensação de inchaço na barriga”, afirma.

Investir nos termogênicos

Aliados no combate ao barrigão e ao excesso de peso são os chamados alimentos termogênicos. Essas comidas e bebidas costumam acelerar o metabolismo e, com isso, impulsionam o gasto de calorias. Alguns exemplos são a pimenta vermelha, canela, gengibre, chá verde e água gelada.

Fugir do que é “junk”

Se o intuito é perder a barriga ou afastar as chances de ela aumentar, as comidas gordurosas, como salgadinhos, empadões, queijos gordurosos, sanduíches, frituras e manteiga, devem ser evitados, de acordo com as nutricionistas. Além de dificultar o acúmulo de gordura no abdômen, esse hábito previne problemas como o colesterol alto e doenças cardiovasculares.

Evitar refrigerantes

Cintia ainda afirma valer a pena cortar os refrigerantes do cardápio, por duas razões. A primeira diz respeito à grande quantidade de açúcar das fórmulas. A segunda está ligada ao gás, que também ajuda a inflar a barriga, dando a impressão de estar maior.

Controlar alimentos que causam desconforto

Apesar de nutritivos, há alimentos que podem causar desconforto abdominal, segundo Cintia Azeredo. Repolho, brócolis, couve-flor, couve e feijões são alguns exemplos de comidas que provocam o aumento de gases em algumas pessoas e, assim, aumentam a barriga.
Fonte: http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida

_____________________________________________________________________

Anúncios:
CENTRO ESPECIALIZADO EM CIRURGIA DE CATARATA

        Pacote oftalmológico particular incluso:
ü  Consulta, exames pré-operatórios
ü  Lente intra ocular importada
ü  Honorários médicos do cirurgião e anestesista 
    Para Informação e Agendamento acesse www.cirurgiadecataratasp.com


FAÇA UM TOUR VIRTUAL  E CONHEÇA MELHOR A ESTRUTURA DO CENTRO CIRÚRGICO.


quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Água mineral ou água filtrada: qual é a melhor


Muitas pessoas têm dúvidas sobre qual tipo de água traz mais benefícios à saúde: água mineral ou água filtrada?

Em tese, todos os dois tipos são prontas para o consumo humano. Porém, o que tem que se analisar aqui é a água como fonte nutritiva, e nisso, infelizmente, a água filtrada acaba perdendo.

A água filtrada é um tipo de água onde foram adicionados alguns compostos químicos – flúor e cloro, por exemplo – para eliminar as bactérias nocivas à nossa saúde. Portanto, ela tem pouco ou praticamente nenhum valor nutricional, e serve apenas para a hidratação. Ainda que sejam utilizados filtros, ou que a água seja ozonizada, tudo isso serve apenas para torná-la mais “pura” e livre de bactérias.

Já a água mineral é rica em flúor, cálcio, magnésio e outros compostos químicos naturais benéficos à nossa saúde. Vem diretamente da natureza e é naturalmente filtrada. O seu uso acelera o metabolismo, ajuda na desintoxicação do organismo, fortalece os ossos e dentes devido à presença de cálcio e tem valor nutricional. Portanto, não há dúvidas: a água mineral é melhor que a filtrada.

Ainda que a mineral seja melhor, nutricionalmente falando, é necessário ter alguns cuidados antes de adquirir este produto:

Verifique a procedência da água mineral: a empresa é reconhecida no mercado? Pagar um pouco mais caro para ter um produto de qualidade garantida é muito melhor neste caso.
Inspecione a higiene do local onde ela está alojada e as condições do garrafão.
Antes de colocar o garrafão no bebedouro, higienize a área em volta do garrafão com um pano embebido em álcool e a parte interna do bebedouro com papel toalha também embebido em álcool.
Com estes pequenos cuidados, pode ter certeza que você estará consumindo um produto que trará um excelente benefício à sua saúde, a longo prazo.

Água Mineral x Filtrada


















Muitas pessoas hoje optam por adquirir filtros de água por achar que é a mesma coisa que água mineral. Não é bem assim. Muita propaganda enganosa – vinda principalmente de empresa de filtros de água – distorce idéias e cria mitos para que assim as pessoas tenham certas dúvidas a respeito da água mineral e acabam por optar pela água filtrada.
A partir de agora, você poderá fazer sua escolha na hora de adquirir um filtro, purificador de água ou água mineral.

Tanto a água mineral quanto a filtrada são águas potáveis, ou seja, são livres de bactérias nocivas à saúde. Portanto ambas são livres para serem consumidas a vontade.
Mas quando se tem a oportunidade de “matar a sede” e também se beneficiar com ingredientes saudáveis à sua vida, as coisas mudam e muito:

Água filtrada: Depende da origem da água. Em São Paulo, por exemplo, a água é potável porque foi retirada das represas de Guarapiranga e adicionados produtos químicos para purificá-la.
Água Mineral: Nasce em solos enriquecidos de sais minerais e vem “filtrada” pela natureza. Não necessita de nenhum processo químico para se purificar e vem naturalmente adicionada de diversas fontes de energia provindas do minério. É rica em cálcio, flúor, potássio, magnésio e muitas outras composições químicas naturais.
Água filtrada: Necessita de constante troca de filtros. Caso isto não ocorra, a pessoa corre sérios riscos de saúde, já que a água que vem diretamente da torneira quando não é filtrada, possui qualidade duvidosa à saúde.

Água Mineral: Não necessita filtros. Aliás, nem pode, pois os filtros tirariam toda riqueza natural presente na água mineral. O que pode ser feita após a troca de um garrafão é uma limpeza neutra no bebedouro após vários usos, para garantir que agentes externos não se alojem nas partes por onde a água passará no mesmo.
Água filtrada: Chega na sua caixa d’água totalmente estéril. Passa pelos canos e sai pela torneira. A partir daí tem que passar por filtros ou ser fervida para que possa ser seguramente consumida.
Água Mineral: É enchida em garrafões sem nenhum contado manual e levada aos distribuidores que se encarregam de deixá-la às suas mãos. Ou seja, do jeito que a natureza nos deu você estará consumindo.
Água filtrada: Sua única finalidade é a hidratação.
Água Mineral: Hidrata, melhora o metabolismo, combate o stress graças a presença do magnésio, desintoxica o organismo, é um suplemento nutricional, fortalece os ossos etc.
Como podemos ver, a água mineral natural traz benefícios que estão muito além da água tratada, filtrada. Por isso ela é recomendada a todos, desde recém nascidos até jovens, adultos e idosos. Suas propriedades naturais cumprem o papel que a água tem e ainda ajuda você a se fortalecer com saúde e bem-estar.

Fonte: http://poptudo.com/agua-mineral-agua-filtrada-melhor.html
Fonte: http://www.lucema.com.br/index.php/noticias/46-agua-mineral-x-filtrada.html

Links Relacionados:
CONHEÇA MELHOR A CIRURGIA DE CATARATA
PERGUNTAS SOBRE A CIRURGIA DE MIOPIA
TRATAMENTO DA RETINA
VÍDEO SOBRE CIRURGIA DE CATARATA E MIOPIA

____________________________________________________________


Anúncios:

CENTRO ESPECIALIZADO EM CIRURGIA DE CATARATA

        Pacote oftalmológico particular incluso:
ü  Consulta, exames pré-operatórios
ü  Lente intra ocular importada
ü  Honorários médicos do cirurgião e anestesista 
    Para Informação e Agendamento acesse -  www.cirurgiadecataratasp.com



FAÇA UM TOUR VIRTUAL  E CONHEÇA MELHOR A ESTRUTURA DO CENTRO CIRÚRGICO.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Como é calculada a aposentadoria do INSS


Aprenda como é feita essa conta e entenda por que o benefício costuma ser menor que o salário da ativa



Cálculo da aposentadoria do INSS reduz o benefício de quem se aposenta cedo

São Paulo - Os trabalhadores do setor privado que contribuem para a Previdência Social têm direito a uma aposentadoria paga pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) após atingir determinada idade ou tempo de contribuição. Porém, o valor desse benefício costuma ser bem menor que o salário dos tempos da ativa, principalmente para quem ganha acima do teto da Previdência, atualmente de 3.467,40 reais.

Mas por que isso acontece? Para entender o achatamento da renda mensal depois da aposentadoria, é preciso conhecer os complexos cálculos que determinam os valores dos benefícios. No site da Previdência Social é possível simular a aposentadoria a partir de variáveis como idade, tempo de contribuição e o valor da renda mensal ao longo dos anos.

Esses fatores determinarão a que tipo de aposentadoria o segurado terá direito. Para se aposentar por idade, as mulheres precisam ter atingido 60 anos de idade e os homens, 65. Já na aposentadoria por tempo de contribuição, o tempo mínimo exigido é de 30 anos para as mulheres e de 35 anos para os homens. Existe ainda a aposentadoria proporcional, válida apenas para inscritos na Previdência até dezembro de 1998. Essa terceira modalidade vem caindo em desuso e é extremamente desvantajosa para o segurado.

Valores


Para calcular o valor do benefício, primeiro é preciso calcular o salário de benefício, que corresponde à média aritmética simples dos 80% maiores salários de contribuição, corrigidos monetariamente desde julho de 1994. Vale lembrar que o valor do salário de contribuição é limitado ao teto da Previdência. Ou seja, quem ganha 2.000 reais, contribui sobre 2.000 reais. Mas o trabalhador da iniciativa privada que ganha acima do teto de 3.467,40 reais - e tanto faz se for 5.000 ou 10.000 reais - só vai contribuir sobre um percentual desse mesmo valor.

A partir daí já dá para entender alguns porquês da significativa redução da renda na aposentadoria. Primeiro, o teto é o limite para a contribuição e para o cálculo do salário de benefício. Segundo, o salário de benefício é resultante do cálculo de uma média salarial, que englobará valores distintos. Dificilmente os 80% maiores salários de contribuição da vida de uma pessoa serão todos equivalentes ao teto. 

Cálculo segundo o tipo de aposentadoria

Mas ambos os tipos de aposentadoria possuem outras formas de redução. Na aposentadoria por idade, o valor do benefício equivale a um percentual do salário de benefício. Esse percentual é igual à soma de 70% mais 1% para cada ano de contribuição, até o limite de 100%. Parece complicado, mas é simples: quem contribuiu durante 30 anos ou mais receberá 100% do salário de benefício como aposentadoria, pois 70% + 30% = 100%. Mas se a pessoa atingiu a idade para se aposentar antes de completar 30 anos de contribuição, seu salário de benefício será reduzido.

É o que acontece com um homem de 65 anos de idade e apenas 28 de contribuição. Sua aposentadoria será igual a 98% (70% + 28%) do seu salário de benefício. Supondo que este seja de 3.000 reais, que é um valor realista para quem contribuiu pelo teto durante boa parte da vida, sua aposentadoria será de 2.940 reais. Se esse mesmo homem esperasse somente mais dois anos, se aposentaria com renda mensal de 3000 reais. O mesmo aconteceria com uma mulher que se aposentasse com 60 anos de idade e 28 de contribuição.

Já a aposentadoria por tempo de contribuição possui um polêmico redutor, o fator previdenciário, cujo fim chegou a ser aprovado pelo Congresso, mas foi vetado pelo presidente Lula. Na prática, esse fator penaliza o segurado que se aposenta muito jovem, ainda que já tenha atingido a condição para se aposentar por tempo de contribuição. Seu cálculo leva em conta a expectativa de vida do brasileiro segundo o IBGE. Sempre que essa expectativa sobe, os fatores reduzem proporcionalmente, e o trabalhador precisa se aposentar cada vez mais tarde para não sair prejudicado. Baixe a tabela atualizada do favor previdenciário do site da Previdência Social clicando em "Veja tabela do fator previdenciário".

Por trás da criação do fator previdenciário, entretanto, está uma justa tentativa do governo de equilibrar as contas. Afinal, para que as pessoas vivam aposentadas durante mais tempo, é necessário aumentar as receitas federais ou diminuir o valor do benefício. Um fator de redução estimula o segurado a se aposentar mais tarde e, por consequência, a contribuir por mais tempo, o que dá um pouco mais de fôlego à já deficitária Previdência Social.

No cálculo da aposentadoria por tempo de contribuição, é obrigatório multiplicar o salário de benefício pelo fator previdenciário. Se este for maior que 1, o segurado sai ganhando, pois o valor de sua aposentadoria aumenta desde que não ultrapasse o teto. Se for menor que 1, que é normalmente o que acontece, o segurado terá seu benefício reduzido. Mulheres e professores do ensino básico do sexo masculino ganham cinco anos de bônus em seu tempo de contribuição, enquanto que professoras do ensino básico ganham dez. Só a título de exemplo, o fator é igual a 1 para pessoas que se aposentem com 64 anos de idade e 34 de contribuição.

Para se ter uma ideia do efeito do fator previdenciário, considere uma mulher com 58 anos de idade e 30 de contribuição. No cálculo do fator devemos somar cinco anos a seu tempo de contribuição, que passaria a valer 35. No ano de 2010, essas variáveis lhe garantem um fator igual a 0,811, o que significa redução no seu benefício. Se o salário de benefício for de 3.000 reais, a aposentadoria será de 2433 reais.

A situação ideal é a do segurado que preenche tanto o requisito de idade quanto o de tempo de contribuição, pois esse sujeito poderá escolher a modalidade de aposentadoria que lhe for mais vantajosa. Se a mulher do exemplo anterior esperasse mais dois anos, deveria se aposentar por idade, o que lhe garantiria 100% de seu salário de benefício, de 3.000 reais por mês. Isso porque para 60 anos de idade e 32 de contribuição (mais o bônus de 5 anos), o fator previdenciário é igual a 0,928, o que reduziria seu benefício numa eventual aposentadoria por tempo de contribuição.

Mas se essa mesma mulher resolvesse esperar mais quatro anos e se aposentasse com 62 anos de idade e 34 de tempo de contribuição, seu fator previdenciário chegaria a 1,068. Quando o fator é maior que 1, ele é aplicado mesmo na aposentadoria por idade. Nesse caso, em ambas as modalidades, o valor de sua aposentadoria seria elevado para 3.204 reais.

Parece pouco?

As diferenças podem parecer pequenas, especialmente para quem estava acostumado a um alto salário durante a ativa. E essa redução de renda vem acompanhada de um aumento em certas despesas, como plano de saúde e medicamentos. Por outro lado, a Previdência Social garante uma aposentadoria certa, além de benefícios em momentos de adversidade.Conheça os benefícios do INSS.

Discussões em torno dos motivos para o aparente desequilíbrio nas contas do INSS não faltam: desigualdade entre o número de contribuintes e a quantidade de aposentados e pensionistas, má administração de recursos, diferenças brutais entre as aposentadorias dos setores público e privado, reajustes de salário mínimo e assim por diante. De qualquer maneira, o melhor é não depender exclusivamente da Previdência Social.

Fonte:http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/aposentadoria/noticias/como-calculada-aposentadoria-inss-589378?page=1


____________________________________________________________


Anúncios:
CENTRO ESPECIALIZADO EM CIRURGIA DE CATARATA

        Pacote oftalmológico particular incluso:
ü  Consulta, exames pré-operatórios
ü  Lente intra ocular importada
ü  Honorários médicos do cirurgião e anestesista 
    Para Informação e Agendamento acesse -  www.cirurgiadecataratasp.com




FAÇA UM TOUR VIRTUAL  E CONHEÇA MELHOR A ESTRUTURA DO CENTRO CIRÚRGICO.

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Sete truques para você controlar o enjoo ao viajar


Acabe com o mal estar ao andar de carro, tomar ônibus ou pegar o metrô

Fonte: http://yahoo.minhavida.com.br

Andar de carro, tomar um ônibus ou pegar o metrô são atividades que fazem parte do dia a dia da maioria das pessoas. Mas, para algumas delas, colocar o pé em qualquer um desses meios de transporte dá início a um turbilhão de sensações que causam, sobretudo, enjoo. "O fenômeno, conhecido como cinetose, nada mais é do que a sensibilidade do organismo ao movimento passivo, ou seja, quando o corpo está parado, mas, ao mesmo tempo, em movimento", afirma o gastroenterologista Laércio Tenório Ribeiro, da Federação Brasileira de Gastroenterologia.

Segundo o especialista, pessoas que sofrem de cinetose não conseguem adaptar os órgãos responsáveis pelo equilíbrio (como o labirinto, que fica na orelha interna) a esta situação, o que causa mal estar. Alguns alimentos, no entanto, evitam ou aliviam as crises e contar com eles pode ser a diferença entre uma viagem insuportável ou um trajeto como outro qualquer. Veja quais são as sugestões dos especialistas.


Maçã

Alimentos ricos em fibras, como a maçã, ajudam a limpar o organismo de substâncias químicas que favorecem a náusea. "Além disso, ela é um alimento que não é totalmente aproveitado pelo organismo, o que facilita sua digestão", afirma o nutrólogo Fernando Bahdur Chueire, da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN). A melhor maneira de consumir a fruta é in natura.
Biscoito água e sal - Foto Getty Images

Biscoito água e sal

amido, presente no biscoito água e sal, ajuda a absorver ácidos estomacais e acabar com a sensação de enjoo. Ele também está presente em pães e torradas, mas, neste caso, prefira as versões integrais, que ainda contêm fibras. Mas a nutricionista Camila Leonel Mender de Abreu, professora da Faculdade Santa Marcelina, alerta para o consumo consciente desses alimentos. "Todos têm alto valor calórico e, por isso, se consumidos sem moderação podem levar ao ganho de peso", diz.
Água - Foto Getty Images

Água

Dar pequenos goles de água ao longo do dia ajuda a manter o corpo hidratado, o que evita dores de cabeça que costumam acompanhar o enjoo. Mas o nutrólogo Fernando recomenda evitar a ingestão excessiva, especialmente durante refeições. "Beber demais enquanto se come atrapalha a digestão, o que pode causar náuseas", explica.
Oleaginosas - Foto Getty Images

Oleaginosas

"Por serem alimentos de origem vegetal, oleaginosas também apresentam alto teor de fibras, que auxiliam no combate ao enjoo", afirma o nutrólogo Fernando. Oleaginosas, como as nozes, ainda são boa fonte de proteínas, cujo consumo é fundamental para evitar náuseas. Mas controle o consumo, pois elas são extremamente calóricas. Cinco unidades de nozes, três unidades de castanhas e uma unidade de avelã são as quantidades recomendadas por dia.
Gengibre - Foto Getty Images

Gengibre

"Durante séculos, a raiz de gengibre tem sido usada como remédio popular para diversos problemas, entre eles, disfunções estomacais", afirma a nutricionista Camila. Ele pode ser consumido em cápsulas, em chá ou mesmo em biscoitos. Mas limite o consumo, pois o exagero pode resultar em um efeito contrário ao desejado.
Isotônicos - Foto Getty Images

Isotônicos

Isotônicos ou bebidas esportivas não são indicadas apenas para atletas. Repor nutrientes como potássio e sódio também pode ajudar quem sofre de enjoos. A nutricionista Camila recomenda apenas que a ingestão seja feita gradativamente. "Grandes quantidades de líquido distendem o estômago, que é um músculo, o que estimula náuseas", complementa.
Banana - Foto Getty Images

Banana

Quem sofre de enjoos ainda pode apresentar deficiência de potássio. "Ela é rara, mas pode acontecer e, neste caso, a banana é um alimento recomendado para a reposição desse nutriente", afirma a nutricionista Camila. Segundo ela, a deficiência de potássio pode causar fadiga, fraqueza, cãibras e paralisia intestinal e essa baixa movimentação pode gerar desconforto abdominal.







sexta-feira, 1 de julho de 2016

Centro Cirúrgico Especializado em Cirurgia de Catarata



São Paulo conta com moderno centro oftalmológico
É um dos principais centros oftalmológicos na região da Paulista em São Paulo, referência em sua especialidade Cirurgia de Catarata. A consulta de avaliação e os exames pré-operatórios são realizados de forma tradicional, pelo próprio médico cirurgião.

O Centro Cirúrgico também conta com um Instituto de Olhos, onde tem apoio de profissionais especializados no atendimento oftalmológico.

Foi planejado de modo eficaz para garantir acessibilidade a portadores de deficiências físicas e idosos que é seu principal público. Conta com uma equipe de profissionais treinados para realizar atendimento de qualidade e principalmente humanizado.

Apesar de estar localizado no centro de São Paulo próxima a Avenida Paulista, o Centro Cirúrgico Especializado em Cirurgia de Catarata, é uma referencia até para os municípios vizinhos como: São Bernardo do Campo, Santo André, Guarulhos, Taboão da Serra, Itapecerica da Serra, São José do Rio Preto, Araçatuba, Araraquara, Piracicaba, Limeira, Araras, Bragança Paulista, Atibaia, Taubaté, Mogi da Cruzes, Ribeirão Preto, Campinas, Osasco, Sorocaba, Santos, Caraguatatuba, Ubatuba e São José dos Campos, pois recebe pacientes destas regiões, alem de cidades como Rio de Janeiro, Salvador Bahia e região nordeste, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais e Goiás.

Receber pacientes de outras regiões e estados é motivo de orgulho e indicador para agregar cada vez mais na modernização, tecnologia e qualidade nos serviços.

O Centro Cirurgico um diferencial, o Pacote Cirúrgico Oftalmológico. Ele possibilita que a realização da cirurgia de catarata seja acessível para quem não possui convênio médico, pois o pacote já inclui a consulta, os exames pré-operatórios e a lente intraocular (flexível e dobrável) importada. É um plano que serve de opção para pacientes que estão na fila de espera do SUS, IAMSPE ou até mesmo pacientes que possuem alguns tipos de convênio que não da cobertura total para a cirurgia.

As cirurgias são feitas em Centro Cirúrgico próprio, além disso o centro trabalha com as melhores marcas de lentes intra oculares importadas. Podendo assim oferecer com segurança o que existe de mais moderno em materiais, medicamentos, equipamentos e Estrutura para realização das cirurgias de forma justa e acessível aos pacientes.

Formas de pagamento, Os pacientes particulares possuem algumas opções, no pagamento a vista com desconto ou se preferir pode parcelar em até 10 vezes no cartão de Crédito. 

Planos de Financiamento para realização de Cirurgia de Catarata:
(Aposentados, Funcionários do Estado e Servidor Público Municipal de São Paulo) 

Planos especiais da CAIXA com as menores taxas do mercado em até 72 vezes para:
  • Aposentados e Pensionistas do INSS
  • Funcionários do Estado e do Município de São Paulo.
  • PRODESP - Cia Processamento de Dados do Estado de S Paulo Prodesp
  • TJSP - Tribunal de Justiça de São Paulo
  • Ministério Federal e Estadual
  • IAMSPE - Servidor Publico Estadual
  • SEFAZ /SP - Secretária da Fazenda 
  • SPPREV - São Paulo Previdência
  • Policia Militar e outros órgãos Federais, Estadual e Municipal.  


O Centro Cirúrgico trabalha com o que existe de mais moderno em materiais, medicamentos, equipamentos, lente intra ocular multifocal, monofocal e tórica importadas para realização de cirurgia de catarata.

Atende alguns planos de saúde como: Unimed Fesp, Unimed Seguros, Sul América Saúde, Bradesco Saúde, Marítima Saúde e Amil Saúde. Para atendimento particular dispõe de um pacote oftalmológico que inclui a Consulta, exames pré-operatórios oftalmológicos, Lente intra ocular importada e Honorários médicos.

Quem deseja conhecer melhor o Centro Cirúrgico, poderá visitar o site www.cirurgiadecataratasp.com também poderá obter preços e orçamentos das cirurgias.

Cirurgias Realizadas:
Cirurgia de Catarata
Cirurgia de Miopia a Laser
Cirurgia da Catarata a Laser
Retina
Cirurgia Fácica - Alta Miopia
Estrabismo
Blefaroplastia
Ptose Palpebral
Xantelasma
Tumor de Pálpebra
Pterígio
Calázio

CENTRO CIRÚRGICO














SALA DE REPOUSO














CONFORTO MÉDICO
















 Para Informação e Agendamento acesse -  www.cirurgiadecataratasp.com



FAÇA UM TOUR VIRTUAL  E CONHEÇA MELHOR A ESTRUTURA DO CENTRO CIRÚRGICO.